quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Por System of a Down - Arials




Always wanna play, but you never wanna lose!

Soneto da Separação - Vinicius de Moraes

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.
De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.

Criativo

domingo, 14 de fevereiro de 2010

10 motivos para não...







A melhor toalha do mundo!



"E aí? Quer ficar Doidão?"

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Oh, lá em casa!

Deus Pensando


retirado de: www.malvadas.org

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

De ColdPlay - The Scientist

Palavras bonitas pra se ouvir de manhã quando a chuva já tiver caído e os olhos já estiverem borrados, enquanto a boca seca reclama um pouco de paz e tudo a volta já estiver sido perdido,são então, essas bonitas palavras as que devem ser pronunciadas.




...
"Come up to meet you, tell you I'm sorry.
You don't know how lovely you are"

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Voca